sexta-feira, 2 de setembro de 2011

::: ... MAR DE ROSAS ... :::




Mar de Rosas




Vem comigo mergulhar nestas poesias,
Deste mar de rosas,
Onde posso transformar tua dor em cor.


Vamos surfar pelas ondas da felicidade,
Com rostos tocados pela mesma brisa,
E corpos colados nesta prancha do amor.


Minhas mãos serão teu salva vidas,
Protegendo e guiando,
Na cumplicidade da água cativa.


Nesta natureza que nos envolve,
Vamos sentir a emoção do desequilíbrio,
Que não será eterno mas sim infinito.


Vamos perder o fôlego entre palavras de amor,
Desejando o instante que ainda irá se por,
Diante deste nosso lindo calor.

Sem comentários: