sexta-feira, 17 de setembro de 2010

:: UMA MELODIA PARA TI ::


Sentei-me aqui

Deixei meus dedos

Correr lentamente

Sobre as teclas do teclado

Arrancando lamentos de saudades.

Saudades de um rosto

Que só vi através de uma foto

Por breves instantes em uma tela.

Saudades do sorriso

Que ainda não pude presenciar

Saudades de um beijo sonhado

O beijo que ainda não pude dar

Saudade do sentir

O tocar das mãos

Pois já as senti tantas vezes

Através de sonhos e pensamentos

Saudades de um abraço

Gostoso Apertado

Que muito almejo!

Saudade de sentir os olhos a me fitarem

Descobrindo meus mais íntimos segredos

Assim fui criando uma doce melodia

Ao amor!

Melodia essa que quero um dia dividir contigo

Mesmo que seja em pensamento

Pois ela será escrita

Não em papel;

Mas no coração!

Meus dedos correm suavemente

Como se estivessem tocando teu corpo

E deles arrancando suspiros e mais suspiros

Sensações que vibram com intensidade

Elevando á uma oitavada

Chegando ao topo da pauta na partitura

Descendo docemente enquanto os dedos extraem os lamentos

No encanto do momento

Que anseia o coração!

Assim vou seguindo

Meu lamento gritando

A saudade explodindo

E a melodia criando

Para ti

Para mim Para nós

Uma melodia de amor

De saudade

e momentos não vividos

Mas sonhados

Que um dia será realizado

Por nós dois!


BY JP

1 comentário:

Cláudya disse...

Uma lágrima me cai pelo rosto... Não de dor mas de saudade,
de alegria,
de Te ter encontrado,
de Te ter comigo,
de Te amar,
de sentir-me amada...
Sinto o Amor!
tão lindo,
tão belo,
tão bom...
não se explica, vive-se e sente-se.

Contigo quero dividir essa doce melodia,
nossa melodia,
eterna e sentida,
que jamais será esquecida.