quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

DO OUTRO LADO



Do Outro Lado


Por um instante eu quero trocar -te,

E sentir-te do outro lado do olhar,

Que me faz sentir tão grande,

Que me faz acreditar que preciso Gostar.
Por um instante eu quero ser-te,

Olhando em meus olhos,

E vendo como é grande o meu amor.

Eu quero sentir teus sentimentos,

E entender como conseguem completar os meus,

Que já não me parecem ter mais fim.

Por um instante eu quero que tu sejas eu,

Quero que sintas o quanto gosto de ti,

E o quanto é difícil agir normalmente,

Em meio a este mundo de sentimentos.

Daqui em diante não posso mais te guiar,

Segue o vento do amor refrescando teu coração.

Esse Vento sou eu


JOÃO PEDRO

Sem comentários: