segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

QUANDO


Quando



Quando olhava as flores
Descobri mil amores.
Quando caminhava pela avenida
Sonhei com a tua despedida.



Quando estava a dormir
Sonhei ver-te sorrir.
Quando vi o teu sorriso
Pensei estar no paraíso.



Quando descubro arvoredos
Descubro mais de mil segredos.
Quando vejo uma floresta
Descubro uma festa.



Quando o dia amanhece
O sol aparece.
Quando vejo a flor nascer
Sinto um grande prazer.



Quando ouço uma poesia
Vejo no ar magia.
Quando penso em te falar
Não consigo te encontrar.



Quando me sentei à lareira
Estava com grande canseira.
Quando estou contigo
Não sinto algum perigo.



Quando te ouvia
Só sorria.
Quando te Adorei

Em ti preso eu fiquei.



Quando ouço canções
Gostava de ter mil corações.
Quando penso no final
Sinto-me um pouco mal.


JOÃO PEDRO

Sem comentários: