terça-feira, 9 de dezembro de 2008

A FELICIDADE


Que a felicidade não dependa do tempo.

Nem da paisagem.

Nem da sorte.

Nem do dinheiro.

Que ela possa vir com toda a simplicidade.

De dentro para fora.

De cada um para todos.

Que as pessoas saibam falar,calar.

E acima de tudo ouvir.

Que tenham um amor.

Ou então sintam falta de não tê-lo.

Que tenham um ideal.

E tenham medo de perdê-lo.

Que amem ao próximo e respeitem sua dor.

Para que tenhamos certeza de que viver...

Vale a pena!...


JOÃO PEDRO

1 comentário:

Cláudya disse...

Tu és a minha Felicidade...
Contigo tudo vale a pena, contigo é viver!

Para sempre o teu Doce Sonho.